Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores Públicos Municipais em João Monlevade Ltda
27/09 - Cooperativismo e eleições: a importância do voto consciente
Cooperativismo e eleições: a importância do voto consciente

 

Votar com consciência é exercer a cidadania: mais que o exercício de um direito, este é um dever, especialmente para quem luta pela construção de um país mais justo e forte. O cooperativismo brasileiro, como movimento econômico e social organizado, fomenta a cultura da participação efetiva dos milhões de cooperados no processo político nacional.

Para auxiliar a população a exercer este direito com consciência e reforçar a necessidade da participação dos cooperados nas eleições de 6 de outubro, o Sistema OCB elaborou campanha Cooperativismo e as Eleições 2018. A iniciativa conta com uma cartilha, a websérie em cinco capítulos, além de uma sequência de email marketings e cards com orientações sobre as eleições.

Márcio Lopes, presidente do Sistema OCB, em entrevista para a Revista Paraná Cooperativo, destaca a necessidade de uma maior participação da sociedade no processo eleitoral brasileiro. ?Nunca houve um distanciamento tão grande entre políticos e cidadãos. E, mesmo assim, as decisões políticas não param de ser tomadas todos os dias. Isto reforça a necessidade do nosso protagonismo como os agentes da mudança que queremos. Por isso, não podemos confundir neutralidade com inércia. Se queremos um país melhor, temos de lutar para isso".

Para Lopes, a conscientização dos cooperados é fundamental para que o setor mantenha uma representação política coesa e fortalecida. "Votando de forma consciente e responsável nos candidatos que têm os mesmos valores e princípios do cooperativismo, iniciamos, de fato, o nosso papel de cidadãos cooperativistas, que atuam de forma proativa pela transformação social que desejam".

O presidente ressalta ainda a importância da união dos cooperativistas de todo o país em torno de candidatos que tenham identificação com o setor. "Quanto mais o candidato conhece o nosso modelo de negócio, mais ele terá condições de defender os interesses das cooperativas e, assim, mostrar ao país a força do nosso modelo econômico e as vantagens do trabalho conjunto em prol de um mesmo ideal".

Conforme aponta o presidente do Sistema OCB, é preciso ter, cada vez mais, representantes que defendam o cooperativismo na agenda de decisões do país. "A presença de parlamentares comprometidos e que levantem a bandeira do cooperativismo é fundamental para que sempre tenhamos condições de defender um ambiente de negócios favorável ao desenvolvimento das nossas cooperativas ou, pelo menos, que as decisões políticas não criem novos entraves para o desenvolvimento do nosso setor", afirma.

Todo o material produzido pelo Sistema OCB está disponível neste link: https://www.somoscooperativismo.coop.br/servico/25/cooperativismo-e-as-eleicoes-2018 -

ASSISTA O 5º EPISODIO EM NOSSO SITE

Fonte: http://www.minasgerais.coop.br/pagina/10646/cooperativismo-e-eleie-231-e-245-es---a-importe-226-ncia-do-voto-consciente.aspx?utm_campaign=boletim_762_-_ocemg&utm_medium=email&utm_source=RD+Station 25/09/2018 -

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS EM JOÃO MONLEVADE LTDA
RUA PEDRO BICALHO, 234 - NOVO HORIZONTE - JOÃO MONLEVADE - MG
COPREMON 2014 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS